Componentes de Uma Estrátegia de Redes Sociais Bem Sucedida

Componentes de Uma Estrátegia de Redes Sociais Bem Sucedida

Muitos líderes aceitam que para sobreviver no mundo de negócios atual, as suas empresas necessitam de uma presença nas redes sociais. No entanto, muitas dessas empresas pecam por não ter uma estratégia bem definida para o fazer.

Grande parte dos profissionais ligados ao marketing têm como grande preocupação, a criação de uma estratégia para as redes sociais. E quando essa estratégia não está presente, acontecem coisas como os funcionários de diversos departamentos a colocarem atualizações na conta do Twitter da empresa, sem seguirem as linhas editoriais da empresa e por vezes com linguagem embaraçosa. No Facebook, os utilizadores que fizeram "gosto" na página da empresa, vêm o seu mural bombardeado com promoções e conteúdos desinteressantes. Entretanto, os clientes vão publicando comentários positivos e negativos nas diferentes redes sociais. Por vezes estes comentários recebem resposta por parte da empresa e por vezes não.

Ao usar uma abordagem tão dispersa nas redes sociais, estas empresas estão a perder grandes oportunidades para interagirem com os potenciais e atuais clientes e de gerir a sua reputação online. Sem uma estratégia clara, como poderá saber qual é o seu objetivo, o que deveria estar a fazer, como está a correr e o que deveria estar a medir e qual o retorno do investimento nas redes sociais?

Se a sua empresa pretende entrar nas redes sociais, necessita claramente de uma estratégia para normalizar a comunicação, determinar os recursos que necessita, definir táticas a usar e a evitar, servindo assim como um roteiro. Ao formular uma estratégia, certifique-se que olha para as implicações que terá nos seus funcionários e inclua-os também neste processo de planeamento.

Estes são alguns dos componentes para uma estratégia abrangente para as redes sociais.


Seja consistente em todos os canais


Muitos negócios já possuem diretrizes da marca (incluíndo nomes, esquemas de cores, imagens), e estas devem ser também aplicadas às propriedades das redes sociais. O desafio, porém, está na comunicação com os clientes e seguidores da marca - a sua voz! Na maioria dos casos, é aceitável ser menos formal nas redes sociais. Apenas certifique-se que as suas atualizações, publicações e comentários "falam" a uma só voz. No processo de planeamento, define quem representará a voz da sua empresa nas redes sociais.


Participe na conversa


As redes sociais assentam na convergência entre a comunicação e a informação. Sendo assim, o que partilha e fala com os utilizadores das redes sociais, é importante. Os conteúdos são um meio para o envolver na conversa - e criar conteúdos realmente úteis e partilháveis pode trazer múltiplos benefícios a longo prazo para a sua estratégia de presença online.


Partilhe conteúdos úteis


Se apenas fala acerca de si mesmo nas redes sociais, ninguém vai querer ouvi-lo (tal como numa conversa real). É quando começa a partilhar conteúdos que sejam do interesse dos seus seguidores e ao promove-los, em conjunto com o seu próprio conteúdo, que as suas contas nas redes sociais começam a ganhar vida.


Junte-se às redes sociais certas


Existem dezenas de redes sociais com milhares de membros. Não pode, nem deve, estar presente em todas elas. Decidir quais as redes sociais que pretende abordar e criar métodos de trabalho para cada uma delas, representa uma boa parte do processo de planeamento. Enquanto a maioria das empresas concentram-se nas redes sociais mais estabelecidas, dependendo da sua indústria, outras redes sociais emergentes como o Google+, Pinterest e Instagram, podem ser igualmente importantes.


Publique estrategicamente


Não existem duas redes sociais iguais, e com recursos limitados, terá que decidir quanto tempo vai investir em cada plataforma, bem como o que vai fazer em cada uma delas. É igualmente importante ajustar a frequência de publicação para cada rede social ao longo do tempo, para maximizar a eficácia de cada publicação.


Seja digno de ser seguido


O envolvimento dos seguidores deve ser considerado nas formas proativas e reativas também. Participar proativamente com novos utilizadores das redes sociais e reativamente com aqueles que comentam ou respondem às atualizações é igualmente importante para criar uma presença eficaz nas redes sociais. Tente olhar para os perfis da sua empresa nas redes sociais, da perspectiva de alguém que está de fora e pergunte-se: O nosso envolvimento com os fãs é digno de ser seguido? Envolvimento é uma tática que o ajuda a atingir um objetivo, nomeadamente, expandir a sua marca, atrair novos clientes e fazer crescer a empresa.


Interaja com os seus clientes


O balcão de apoio ao cliente tornou-se digital! Das queixas às questões e até ao reconhecimento (sim, também existe!), os consumidores estão a usar as redes sociais para transmitir os seus pensamentos, opiniões e dúvidas. No entanto, nem todas as empresas estão a aproveitar estar oportunidade. Existem muitas queixas nas redes sociais que ficam sem resposta por parte da empresa. É necessário colocar em prática uma estratégia de escutar e responder.

Não se trata apenas de estar à procura de reclamações para contrapor. cada interação com um utilizador das redes sociais é uma oportunidade de ouro, já que isso pode dar-lhe um feedback em tempo real do que os seus clientes estão a pensar, a gostar, a precisar, a comprar, etc. Por fim, lembre-se que uma interação produtiva com um cliente, pode traduzir-se num problema resolvido ou numa questão respondida, podendo ganhar um tipo de lealdade que o dinheiro não pode comprar!

0 comentários:

Enviar um comentário