Como Criar um Blog de Sucesso

Como Criar um Blog de Sucesso

Quando lança um negócio, o site é um elemento crucial. É a partir dele que muitos dos seus clientes irão ter o primeiro contacto com a sua empresa e averiguar a oferta dos seus serviços - tudo isto em poucos segundos. Atualmente é normal juntar um blog ao site da empresa, permitindo a publicação de conteúdos interessantes para os clientes e ajudar a melhorar o posicionamento do seu site nos motores de busca. No entanto, nem sempre as empresas tiram o melhor proveito do blog, pelo que deixo algumas dicas para que possa começar ou entrar no caminho certo.


Escreva sobre temas úteis e relevantes


Para conseguir manter os seus leitores no blog, terão que encontrar informação que lhes seja útil. E "útil" pode ter aqui vários significados: o seu artigo/post pode ser divertido, informativo, apaixonante, etc. O que não deve ser é apenas um artigo publicitário acerca do seu negócio - para isso tem o site. Não use o blog para mais do mesmo!

Use o blog da sua empresa para demonstrar conhecimento e para cimentar a sua posição como especialista na área onde atua. Ao publicar uma variedade de conteúdos para os seus leitores, vai permitir que vejam e reconheçam os seus conhecimentos. Use diferentes categorias (ou tags) para manter os artigos organizados e ajudar os leitores a encontrarem os conteúdos do blog.

Se ficar sem ideias para conteúdos, pode sempre navegar pela internet à procura de inspiração. Obviamente não vai querer copiar o trabalho de outras pessoas, mas ao ler diferentes blogs poderá encontrar ideias para futuros artigos para o seu blog.


Diversifique os conteúdos


Quando escreve no blog, é importante fazê-lo acerca de diferentes tópicos e diferentes tipos de conteúdos, para aumentar o interesse dos seus leitores. Tente misturar diferente tipos de posts como por exemplo:

  • Lista dos "Top 5/Top 10";
  • Conselhos do especialista;
  • Histórias de clientes;
  • Características de produtos;
  • Posts do tipo "As melhores escolhas", relevantes para a sua indústria;
  • Vídeos;
  • Infográficos;
  • E tudo aquilo que possa imaginar!


Publique frequentemente


Especialmente no início, quando o seu negócio está ainda no arranque, deverá publicar no seu blog pelo menos uma vez por semana, mas de preferência mais!

Publicar frequentemente vai fazer com que:

  • Quando mais publicar no blog, mais irão os motores de busca (como o da Google) indexar o seu site, o que poderá levar a uma melhoria no posicionamento nos resultados das pesquisas.
  • Uma maior frequência nos artigos vai fazer os seus leitores voltarem ao blog. Se publicar esporadicamente, os leitores vão certamente diminuir.


Seja visual


Um artigo no blog, constituído apenas por um longo parágrafo está condenado ao fracasso. Ninguém o vai querer ler. Deve tentar escrever artigos que sejam de fáceis de ler. Use cabeçalhos para separar os pontos chave, e tente escrever parágrafos simples. As listas podem ser as suas melhores amigas, já que transmitem uma grande quantidade de informação, enquanto o obriga a ser o mais conciso possível.


Um artigo no blog, constituído apenas por um longo parágrafo está condenado ao fracasso.


Use imagens em todos os seus artigos. Fotografias, gráficos e ilustrações são também uma excelente forma de dividir o texto e manter os leitores no seu blog.

Lembre-se que não deve publicar imagens sobre as quais não tem permissão para tal. Procure imagens em bancos de imagens grátis (recomendo o Pixabay) ou peça permissão para as publicar, fazendo sempre referência à fonte, no artigo.

Publicar vídeos e infográficos é uma excelente forma de oferecer conteúdos diferentes para a sua audiência. No entanto, os motores de busca não serão capazes de os ler, pelo que deve complementar este tipo de artigos com texto descritivo acerca do que os leitores podem encontrar nos vídeos ou nos infográficos.

Dicas para Blogs


Use palavras-chave


Não só deve escrever sobre tópicos que apelem ao seu público-alvo (os seus clientes), mas também deverá ter em mente as palavras que eles usam para pesquisar online.

Embora seja difícil competir para palavras-chave com muita procura, pode facilmente posicionar-se nos motores de busca para pesquisas mais longas (as chamadas "long-tail keywords"). Por exemplo, imagine que vai escrever um artigo acerca dos 5 melhores arranjos florais para um casamento na primavera. Em vez de apontar para "casamento de primavera" ou "arranjos florais", experimente apontar para a frase "arranjos florais de primavera com margaridas". Ficará surpreendido em como isso funciona bem.

Tenha o cuidado de não saturar o artigo com muitas palavras-chave. Este é um erro de principiantes que na verdade pode levar a que o seu site seja penalizado pelos motores de busca. Antes de publicar leia novamente o artigo - se não soar natural, faça uma revisão e eventualmente será necessário remover algumas palavras-chave.


Use chamadas para a ação


Já alguma vez leu um artigo num blog, e mesmo sem se aperceber, acabou por saltar para outro artigo no site, eventualmente aterrando numa página de um produto? Esse site está a usar as chamadas para a ação!

Uma chamada para ação é pedir ao leitor que faça algo enquanto está no blog. Estas podem assumir diversas formas, desde links no texto no corpo do artigo, até botões ou imagens apelativas. E nem sempre precisam de apontar para a compra de produtos. Uma chamada para a ação pode pedir ao leitor para executar outro tipo de ações como por exemplo:

  • Ler outro artigo no blog;
  • Visitar uma página específica no seu site para mais informações;
  • Visualizar um vídeo;
  • Contactá-lo;
  • Subscrever a newsletter;
  • Visitar as suas redes sociais.

Independentemente da chamada para a ação que usar, certifique-se que há alguma razão lógica para que o leitor execute essa ação. Por exemplo, um designer com um artigo sobre restauro de mobiliário antigo, pode perfeitamente incluir uma chamada para a ação para outro artigo sobre comprar antiguidades.


Vamos a isso!


Se já tem um blog no seu site, é hora de olhar para ele e ver se existem melhoramentos a fazer. Se está a começar, tenho a certeza que irá passar um bom bocado a escrever o seu primeiro artigo!

0 comentários:

Enviar um comentário